Compradores Ajuda com suas compras
Produtos Intermediador de pagamentos
Link de pagamento
Telefone Intermediador (11) 2111-8710 Atendimento por telefone de
Seg à Sex das 08:00 as 18:00
Mercado

Como calcular frete e saber se é possível oferecer entrega grátis na Black Friday?

Descubra como calcular frete da sua loja virtual para avaliar se é viável oferecer entrega grátis durante a Black Friday 2021.

Publicado por: Paulo Henrique Pereira Dias, em 17 de setembro de 2021.

Compreender como calcular frete é fundamental para se preparar para uma data tão importante como a Black Friday 2021. Quando o lojista entende o que está por trás do cálculo do custo de envio, fica mais fácil decidir se é possível implementar estratégias como a de frete grátis ou frete fixo.

E é importante se preparar, pois a Black Friday 2021 está carregada de expectativas. Marcada para acontecer na sexta-feira, dia 26 de novembro, a data já começa a movimentar tanto o setor de comércio eletrônico quanto o de vendas físicas muitos meses antes.

Uma pesquisa realizada pela Amazon em parceria com o E-Commerce Brasil apontou que o mercado já está se preparando para a data. De acordo com o levantamento, 72% dos lojistas ouvidos disseram que já vendem por meio de uma loja virtual. Além disso, 66% atuam em marketplaces e 50% em lojas físicas, o que mostra que a multicanalidade é uma tendência que veio para ficar.

Outro dado interessante é que 38% dos lojistas esperam vender entre 10% e 20% a mais nessa Black Friday em relação à edição de 2020. Já para 28% dos empreendedores, a expectativa é de uma retomada ainda mais expressiva das vendas, com aumento entre 20% e 40% nos resultados.

O consenso de comerciantes e especialistas é que, com a abertura total do comércio, a vacinação sendo concluída até o final do ano e a demanda reprimida por quase dois anos de pandemia, a Black Friday 2021 tem tudo para ser um sucesso tanto no varejo físico quanto no e-commerce.

Como o custo do envio das encomendas entra nessa história? De que maneira entender como calcular frete pode ajudar o lojista a traçar estratégias que poderão fazer sua Black Friday ser ainda mais bem-sucedida? Trataremos desses assuntos a seguir!

Como calcular frete para a Black Friday 2021?

O custo de envio é um fator que muitas vezes passa despercebido quando os lojistas vão preparar suas estratégias de vendas para datas importantes, como a Black Friday. Mas não deveria ser assim! Só para ter uma ideia, de acordo com a Econsultancy, 55% dos abandonos de carrinho no e-commerce brasileiro acontecem por causa do preço do frete!

👉 Mesmo que o preço do produto seja atrativo, se o custo de envio pesar no bolso, o cliente tende a não finalizar a compra e buscar alternativas na concorrência ou aguardar mais um pouco para comprar.

Por outro lado , se o frete é atrativo ou se há gratuidade na entrega, as chances de o cliente "aproveitar a oportunidade" são maiores, especialmente em datas comerciais movimentadas.

Portanto, entender como calcular frete é uma informação importante não só para a Black Friday, mas também para todo o ano. O que envolve esse cálculo?

Como calcular valor de frete: fatores envolvidos

O cálculo do frete é determinado por uma série de fatores, que podem deixá-lo mais caro ou mais barato. Logo, alguns desses pontos podem ser ajustados visando conseguir um preço de envio mais barato. De modo geral, os fatores que entram na conta do cálculo do frete são:

👉 CEP de origem

👉 CEP de destino

👉 Peso da embalagem

👉 Dimensões da embalagem (altura, largura e comprimento)

👉 Modalidade de entrega (econômica, expressa, etc)

👉 Prazo

👉 Cubagem

Para entender como calcular frete, precisamos compreender os tópicos acima. Os endereços (CEPs) de origem e destino são determinantes para o custo do envio, já que determinam a distância que a encomenda precisará percorrer e os modais de transporte que precisarão ser usados.

Tópicos como o peso e as dimensões da embalagem também são muito importantes e exercem grande influência sobre o preço final do frete. Nessa conta entra o fator de cubagem, que considera o peso cúbico da embalagem (quanto espaço ela ocupa no bagageiro do meio de transporte).

📌 Aqui vão algumas dicas: usar embalagens que comportem o item sem deixar sobrar muito espaço e priorizar caixas e pacotes quadrados ou retangulares são coisas simples que o lojista pode fazer para pagar mais barato na hora de calcular frete.

Modalidades de entrega: impacto direto na simulação de frete

Outro fator que impacta significativamente o cálculo do frete é a escolha da modalidade de envio. Temos basicamente dois tipos: entrega econômica e entrega expressa.

🚚 Frete econômico : é a modalidade de envio mais barata, porém com um prazo de entrega maior. É o tipo de envio mais comum no comércio eletrônico, pois reduz o preço do frete. Cada transportadora dá um nome a sua modalidade de entrega econômica. Nos Correios, por exemplo, esse serviço recebe o nome de PAC. Na transportadora Jadlog, há o serviço Jadlog Package e na Azul Cargo Express há a entrega chamada e-Commerce.

🚛 Frete expresso: é uma modalidade de entrega que prioriza o prazo curto, mas o custo do envio acaba aumentando. Mesmo sendo mais caro, o frete expresso deve ser oferecido como uma opção , pois muitos clientes desejam (ou precisam) receber o que compraram o mais rápido possível, mesmo que isso tenha um custo maior. O serviço Sedex, dos Correios, é um exemplo de frete expresso. Também há serviços como o Jadlog express, da Jadlog, e o Amanhã, da Azul Cargo Express.

Os pilares de como calcular frete foram explicados acima. O lojista consegue baratear o custo do envio ajustando alguns fatores, como o tamanho da embalagem e a modalidade de entrega. Mas, e quanto a estratégias mais elaboradas como a de frete grátis? Como saber se adotar essa comodidade ao cliente é financeiramente viável?

Oferecer frete grátis na Black Friday 2021: como simular frete para saber se é viável?

Oferecer frete grátis na Black Friday 2021: como simular frete para saber se é viável?

Há uma intensa movimentação no e-commerce no que diz respeito à eficiência logística. A prioridade agora não é oferecer o preço mais barato, mas sim o frete mais rápido e vantajoso. E os clientes estão de olho nisso, se tornando cada vez mais exigentes quanto ao custo de envio e prazo de entrega.

Uma pesquisa recente, realizada pela Clique Retire em parceria com o E-commerce Brasil, mostrou que 43% dos lojistas que trabalham vendendo online dizem que o frete grátis é sua prioridade na melhoria logística de seus negócios. O mesmo levantamento mostra que 57% dos entrevistados consideram sua logística de entrega razoável, ainda tendo muito o que melhorar.

Além do preço do envio, a logística reversa , que acontece quando o produto é devolvido ou precisa ser trocado, ainda é um dos maiores gargalos do e-commerce. A falta de conveniência para o cliente durante esse processo é o principal problema a ser resolvido.

A verdade é que entrega gratuita não existe. Para livrar o cliente desse custo, o lojista precisará absorver o preço do envio. Essa absorção pode ser feita embutindo o valor dos envios nos produtos da loja ou estimulando que o cliente compre bastante, para que o gasto médio dilua o custo da entrega e não acarrete em prejuízos para o lojista.

No geral, o frete grátis é uma estratégia que chama muito a atenção e tende a atrair um volume considerável de clientes. Mesmo assim, são poucos os negócios que conseguem manter essa cortesia por muito tempo. Na maior parte dos casos, a gratuidade na entrega é usada como uma estratégia sazonal, visando atrair clientes em datas especiais onde a concorrência é maior, como a Black Friday.

Há ainda os lojistas que conseguem oferecer frete grátis o ano inteiro, mediante valor mínimo de compras. Esse valor geralmente tem como base uma série de fatores, como a região onde o cliente mora, o ticket médio da loja e o quão importante é para o lojista aumentar as vendas naquele nicho ou naquela região. Frete grátis é, portanto, uma estratégia de mercado.

Calculando o ticket médio do seu negócio

O ticket médio é o valor médio que os clientes gastam na sua loja virtual. Não existem parâmetros gerais que determinem se tal número é bom ou ruim, cabendo a cada empresa fazer essa análise de acordo com sua realidade, objetivos, planos e por aí vai.

Tanto no e-commerce quanto no varejo físico, é comum ouvir a frase "precisamos criar estratégias para aumentar o ticket médio do negócio", ou seja, para estimular as pessoas a comprarem mais ou a adquirirem produtos de maior valor.

O cálculo para se chegar ao ticket médio é bem simples. Basta dividir a receita total de vendas pelo número de vendas realizadas no período que está sendo apurado.

Receita total de vendas

vendas realizadas

Para se ter uma ideia, o ticket médio apurado no e-commerce brasileiro no dia da Black Friday 2020 foi de R$723,37. Na ocasião, foram registrados 5,34 milhões de pedidos, segundo um levantamento realizado pela Neotrust/Compre&Confie.

💡 O que fazer com o valor do ticket médio? Esse número é a base para a definição de muitas estratégias, inclusive a de frete grátis ou fixo. Isso não significa que o lojista possa simplesmente oferecer gratuidade na entrega para aqueles clientes que gastam o equivalente ao ticket médio. Mas é um ponto de partida para saber que a gratuidade na entrega provavelmente será inviável para quem compra abaixo deste valor.

A partir do ticket médio, o empreendedor pode somar outros custos de seu negócio (inclusive a média do gasto com frete) para chegar a um valor que permita que a gratuidade seja oferecida. Tais valores podem mudar de acordo com a região, já que é mais barato enviar para o mesmo estado onde o e-commerce está localizado, por exemplo. É por isso que frases como "Para compras acima de R$???, entrega grátis para o estado de São Paulo", "Para compras acima de R$??? entrega gratuita para todo o Brasil!".

Diluindo o custo do frete no preço dos produtos.

Diluindo o custo do frete no preço dos produtos

Outra ação bastante usada por muitos lojistas é calcular uma média do preço do frete e diluir esse valor no preço dos produtos vendidos, oferecendo assim o frete grátis. Trata-se de uma estratégia arriscada , pois o cliente pode facilmente notar que o preço do produto vendido na loja virtual está mais caro do que a média encontrada em outros e-commerces.

No entanto, muitos empreendedores percebem que o termo "frete grátis" por vezes fala mais alto do que o preço do produto em si e que, se a diferença de preço não for absurda, pode ser que o cliente opte pela loja que está oferecendo a entrega gratuita. Não deixa de ser uma estratégia. É válida para seu negócio? Essa é uma decisão que só você pode tomar.

Como economizar no custo do frete?

Independentemente da estratégia escolhida para oferecer frete grátis ao cliente, o lojista precisará entender como calcular frete e arcar com esse valor. Nesse momento, pesquisar alternativas de entrega mais baratas pode representar uma grande economia que com certeza fará diferença.

Neste sentido, o Melhor Envio, plataforma de pesquisa e contratação de fretes , pode ajudar! Gratuita, a ferramenta permite a simulação de frete com 6 transportadoras: Correios, Jadlog, LATAM Cargo, Azul Cargo Express, Via Brasil e Buslog. Mais do que isso, é possível contratar os fretes escolhidos direto pela plataforma, com preços que são até 80% mais baratos do que aqueles encontrados nos balcões das transportadoras!

💡 O segredo do Melhor Envio é o volume de fretes negociados. Mais de 100.000 lojistas de todos os tamanhos usam a solução, o que permite que a plataforma consiga descontos mais do que especiais para quem usa a ferramenta. O tamanho da economia é mostrado já no momento da simulação de frete.

Além disso, a plataforma pode ser integrada a dezenas de outras ferramentas, como a Yapay! Usando a Yapay, fica muito mais fácil pagar pelas etiquetas de frete geradas no Melhor Envio.

Como calcular frete usando o Melhor Envio?

Graças à economia e praticidade proporcionadas pelo Melhor Envio, o lojista terá mais liberdade para escolher a transportadora que quiser, sem precisar de contratos individuais. Além disso, como os preços de frete são mais baratos na plataforma, a absorção do custo e a possível diluição dos valores de envio nos preços dos produtos para o oferecimento de frete grátis fica mais suave.

Para usar o Melhor Envio e entender como calcular frete, basta criar um cadastro gratuito em poucos minutos. Assim que os dados são aprovados, o lojista estará apto a começar a simular frete e contratar etiquetas de envio.

Ao fazer login na plataforma, procure o menu "Calculadora", no canto esquerdo da tela. Clicando nele, será aberta a ferramenta de simulação de frete do Melhor Envio, onde o lojista vai preencher dados do envio, como CEP, dimensões da embalagem, peso e valor do produto.

Ferramenta de simulação de frete do Melhor Envio.

Após clicar em Calcular, é aberta uma tabela de resultados com os fretes disponíveis para o trecho pesquisado. Todas as modalidades de envio das transportadoras parceiras aparecerão, permitindo que o lojista saiba o preço tanto de envios econômicos quanto expressos.

Tabela de resultados com os fretes disponíveis para o trecho pesquisado.

Repare que a tabela também mostra o quanto o usuário estará economizando caso contrate aquele serviço de frete. Para dar prosseguimento, basta clicar em "Selecionar" e partir para a próxima tela, onde vão ser preenchidos os dados do destinatário. Nessa tela o lojista também escolhe a agência da transportadora selecionada onde deseja fazer a postagem. Quando estiver tudo certo, basta finalizar, pagar pela etiqueta, imprimir e colar no pacote.

Dê play no vídeo abaixo e veja de maneira mais visual como usar o Melhor Envio!

Mais facilidades para os lojistas

Além da cotação e contratação de fretes, o Melhor Envio oferece muitas outras facilidades gratuitas aos usuários da plataforma. Cabe destacar o Melhor Rastreio, plataforma de rastreamento de encomendas, e o Melhor Ponto, unidades físicas para fazer a postagem de encomendas de todas as transportadoras.

No Melhor Rastreio é possível cadastrar e acompanhar códigos de rastreio dos Correios, Jadlog, Azul Cargo Express e LATAM Cargo. Através do painel central, o lojista consegue monitorar dezenas de envios ao mesmo tempo, podendo agir rapidamente caso precise tomar alguma providência. Além disso, a plataforma possibilita o envio de alertas de rastreio para os clientes, que são disparados toda vez que o status de entrega muda. Tudo isso sem custos, já que o serviço é 100% gratuito!

Já o Melhor Ponto é um centralizador de envios. Basta que o lojista reúna suas encomendas que estejam com etiquetas de frete geradas pelo Melhor Envio e leve-as até uma das unidades do Melhor Ponto. A equipe no local irá separar as encomendas e destinar às transportadoras correspondentes, o que ajuda o lojista a economizar tempo. O serviço é gratuito, mas só são aceitos pacotes com etiquetas do Melhor Envio.

Viu só como é possível cobrir diversas frentes da gestão logística da sua loja virtual usando os serviços gratuitos do Melhor Envio? Aprender como calcular frete nunca foi tão fácil! Caso ainda não seja cadastrado, inscreva-se já, faça como mais de 100.000 lojistas de todo o Brasil e comece agora mesmo a economizar no frete usando o Melhor Envio!

Posts recomendados: